Aeroporto de ST pode funcionar como PPP

Imagem relacionada
O Aeroporto Santa Magalhães em Serra Talhada poderá se concretizar por meio de uma futura concessão ou uma Parceria Público-Privada (PPP). A informação é do secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Bruto, também presidente do Comitê Gestor de Parcerias Estratégicas do Estado. Segundo ele, o maior ganho dessas futuras PPPs ou concessões será a atração do investimento privado.
“As PPPs e concessões são instrumentos que ajudam a melhorar a gestão, porque os bons contratos de ambas têm um olhar da iniciativa privada para o futuro”, disse o secretário. “A nossa intenção é conduzir esses projetos para concessões comuns nas quais o Estado não terá custo. Mesmo quando optarmos por uma PPP, vamos fazer com que o maior investimento previsto seja o privado”.
Além do Santa Magalhães em Serra Talhada, estão sendo cogitados para virarem concessões ou PPP’s os aeródromos de Noronha e Caruaru; as rodovias PE-045, PE-060 e PE-90; 26 terminais de ônibus urbanos; a Arena Pernambuco e o Centro de Convenções, no Recife. Conforme o governo, entre os empreendimentos, os aeródromos estão num estágio mais avançado de negociação.
De acordo com Marcelo Bruto, foi publicado um chamamento público com a contratação de quatro empresas que estão fazendo os Procedimentos de Manifestação de Interesse (PMI), uma espécie de estudo no qual são apresentadas as informações que podem ser usadas na definição da concessão. A expectativa é de publicar o edital de concessão no segundo semestre de 2020, embora ele diga que existem variáveis que não dependem do governo do Estado, como a situação da economia.

Farol de Notícias
Anterior Proxima Página inicial