Carnaíba se engaja na campanha Setembro Amarelo

 Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, organiza nacionalmente o Setembro Amarelo. O dia 10 deste mês é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas a campanha acontece durante todo o ano.
São registrados cerca de 12 mil suicídios todos os anos no Brasil e mais de 1 milhão no mundo. Trata-se de uma triste realidade, que registra cada vez mais casos, principalmente entre os jovens. Cerca de 96,8% dos casos de suicídio estavam relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias.

Com o objetivo de prevenir e reduzir estes números a campanha Setembro Amarelo cresceu e hoje conquistamos o Brasil inteiro. Para isso, o apoio das  federadas, núcleos, associados e de toda a sociedade é fundamental.

Em Carnaíba, o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), presta atendimento diversificado aos seus usuários, todos os dias da semana.
Segundas e terças-feiras é realizado o “grupo de reflexão”, coordenado pela psicóloga Elisângela Keyliane. Quartas-feiras, a unidade promove aos seus pacientes atividades aeróbicas, esportivas, momentos de lazer e descontração com o acompanhamento do educador físico José Wesley, na quadra poliesportiva Paulo Ivandir. Quintas-feiras, os usuários assistem aulas de artesanato com a artesã Eliete Batista Alves. Sextas-feiras, são realizadas visitas domiciliares para os pacientes que não podem se deslocar até a unidade. Crianças diagnosticadas com autismo recebem atendimento no CAPS Carnaíba durante toda semana. Para os adultos, uma vez na semana, existe o atendimento psiquiátrico com o médico Jorlânio Moraes. (Carnaíba em Destaque)

Anterior Proxima Página inicial