Agricultores do Sertão do Araripe e Agreste são contemplados no Garantia-Safra 2017/18

 Agricultores de mais seis municípios pernambucanos foram contemplados no programa Garantia-Safra 2017-2018, depois do pedido de reavaliação apresentado pela Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Estado (SDA) à Coordenação Nacional do Programa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Depois da revisão, foram comprovadas as perdas nas cidades de Araripina, Santa Filomena e Trindade, no Sertão do Araripe; Orobó e Surubim, no Agreste Setentrional, e Saloá, no Agreste Meridional, que antes não tinham sido beneficiados. Nesses municípios, serão pagos R$ 10,36 milhões aos 12.193 mil produtores inscritos.

Na edição 2017-2018 do programa, foram inscritos 103 municípios, sendo 53 do Sertão e 50 do Agreste. Desse total, em 64 municípios foram confirmadas perdas acima de 50% das lavouras. Os outros 39, segundo o Ministério, não tiveram perdas comprovadas segundo os critérios do Garantia-Safra. Com o resultado da revisão, o MAPA dá por concluída essa edição do programa. A SDA está encaminhando para as prefeituras os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) e Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) utilizados pelo Ministério na verificação das perdas para que os gestores possam verificar os dados de seus municípios.

“Caso as prefeituras identifiquem alguma inconsistência nos dados, o município deve solicitar a retificação das informações para que o Estado possa entrar com novo pedido de reavaliação“, explicou o secretário Dilson Peixoto, acrescentando que a Coordenação Estadual do Garantia-Safra está à disposição dos gestores municipais para esclarecer qualquer dúvida. Em todo o Estado, 83,4 mil agricultores familiares foram contemplados com um benefício de R$ 850,00 divididos em cinco parcelas de R$ 170,00 – somando um investimento que supera os R$ 70 milhões.

Anterior Proxima Página inicial