Serra: Em evento de posse de concursados, Luciano critica ‘indicações políticas’ nas instituições

 Farol
O prefeito Luciano Duque empossou, na manhã desta quinta-feira (15), mais algumas dezenas de concursados remanescentes do último certame da Prefeitura de Serra Talhada, realizado em 2018. Em entrevista à imprensa, ele aproveitou para criticar a prática da indicação política em instituições públicas, alegando que seu governo tem buscado investir cada vez mais no esforço pessoal por mérito dos que se dedicam a estudar.

O prefeito lembrou que já chamou mais de mil pessoas que prestaram o último certame do município e deverá convocar mais candidatos até o fim deste ano. Só não especificou quantos serão. Sem citar nomes e num claro recado ao adversário e pré-candidato pela oposição, o ex-prefeito Carlos Evandro, Luciano salientou que, diferente de outros do passado – os dois concursos realizados em sua gestão contaram com empresas honestas.

“Nós tivemos no passado problemas com concursos anulados e a decisão do governo foi contratar instituições idôneas e dessa forma a gente respeita o cidadão, respeita o contribuinte, respeita àquele que pagou a sua inscrição para o concurso e foi escolhido por mérito, que passou [no concurso] por mérito e não por indicação política como muitas vezes aconteceu e acontece nesse país”, criticou.

Porém, nas últimas semanas, a Prefeitura tem enfrentando um série de ataques de candidatos que denunciaram na Justiça o governo por irregularidades em seguidas contratações temporárias. Esta semana, a 1ª Vara Cível se pronunciou favorável pela anulação de uma seleção para a Secretaria Municipal de Educação.

RECADO AOS INCOMODADOS
Luciano aproveitou para mandar um recado àqueles que estão sentido-se lesados com a não convocação e a abertura de seguidas seleções. “Alguns não compreendem que o governo tem procurado agir de forma transparente, com muita lisura. Com este segundo concurso [realizado na gestão] estamos chamando mais de 1.100 novos servidores, que tomam posse. A Câmara de Vereadores fez concurso público, a Autarquia de Serra Talhada fez concurso, respeitamos a lei e estamos abertos a qualquer esclarecimento daqueles que se sentem lesados, induzidos talvez por pessoas que não compreendam como funciona um concurso público e as vagas existentes”, afirmou.

Anterior Proxima Página inicial