Passageiro de Petrolina pensa em acionar judicialmente companhia aérea, após transtornos para embarcar com a família

 A viagem programada com antecedência para o Recife acabou se transformando num grande transtorno para Windson Dias de Souza. Ele, sua esposa e as duas filhas deveriam embarcar na manhã de ontem (15) com destino à capital pernambucana pela Azul Linhas Aéreas, mas ele não contava com alguns detalhes: a companhia modificou tanto o horário de partida como o dia de retorno, e depois alegou que o voo do qual Windson e sua família deveriam embarcar já estava lotado.

Anterior Proxima Página inicial