‘Moro foi reduzido ao papel humilhante de xeleléu de Bolsonaro’, diz Humberto Costa

 Durante pronunciamento em plenário o senador Humberto Costa (PT-PE) elogiou a presença das 100 mil participantes da Marcha das Margaridas, que aconteceu em Brasília nesta quarta-feira (14). A manifestação chamou a atenção para demandas como a posse da terra, políticas de educação e saúde, além de medidas contra a violência de gênero.
O ex-juiz Sergio Moro se tornou, na avaliação do líder do PT no Senado, Humberto Costa, um mero bajulador e adulador do presidente Jair Bolsonaro. Para o senador “o ministro da Justiça e Segurança Pública do governo deixou o falso papel de paladino da ética e da moralidade para assumir o de xeleléu do chefe em Brasília. Criticado até por antigos aliados devido às ilegalidades praticadas no âmbito da Operação Lava Jato.”
“O paladino da justiça foi reduzido a um xeleléu, como se diz lá em Pernambuco, de Bolsonaro. E ai dele ele se não assumir essa função, porque poderá ser demitido. Que humilhante não deve ser esse papel, ao qual ele tem se prestado nos últimos dias, de estar ao lado de um presidente que lhe faz piadas chulas e comentários escatológicos sobre regulação intestinal”, detonou.

Anterior Proxima Página inicial