Aumenta número de cães abandonados pelas ruas de Afogados da Ingazeira

 A cada dia se torna mais evidente o grave problema ocasionado pela grande quantidade de animais perambulando pelas ruas da cidade de Afogados da Ingazeira, em especial, cães.

 Campanhas de adoção já não surtem mais os efeitos desejados, pois a proliferação tem se tornado incontrolável e a oferta tem sido maior que a procura.

Os relatos dos cidadãos são de que os cães estão doentes, famintos e sem abrigo.
A população pede pela construção do Centro de Controle de Zoonoses da cidade de Afogados, pois para muitos moradores, se existe, não funciona. No entanto, a falta de contrapartida do poder público tem agravado a vida dos que, de forma voluntária, tentam ajudar a amenizar o sofrimento dos animais e suas presenças em vários locais da cidade.
 As cenas de animais abandonados em bandos, solitários, feridos, filhotes, dentre outros, revolta a população que tem visto cidades menores que Afogados com locais adequados para o caso.

Para os moradores, a construção de um Centro de Controle de Zoonoses se faz urgente na cidade de Afogados e que a situação de animais perambulando pelas ruas e doentes põe em risco a saúde dos próprios animais e do ser humano.
 Os animais são encontrados com facilidades em diversos pontos do centro da cidade e nos bairros São Brás, Pitombeira, Izidio Leite, Padre Pedro Pereira, Sobreira, São Sebastião (Igrejinha) e São Francisco (Rua Nova), onde se aglomera o maior numero de cães.

A presença dos animais também causam constrangimentos a donos de bares e restaurantes que em diversos momentos tem seus estabelecimentos invadidos pelos animais em busca de alimentação.
Enquanto a solução não vem, a tristeza do animais abandonados fotografados por moradores e enviados a Redação do Blog do Cauê Rodrigues, fica com reflexão da situação que se torna caótica a cada dia.

Organizações Não Governamentais que defendem os animais temem pela vida dos cães, para que não sejam sacrificados como aconteceu em outra ocasião na cidade de Afogados da Ingazeira.
Com a palavra a Vigilância Sanitária e Secretaria Municipal de Saúde:

Anterior Proxima Página inicial