Arpe aumenta preço do gás natural em Pernambuco

 Foi autorizado pela Agência Estadual de Regulação de Pernambuco (Arpe) para entrar em vigor desde a sexta-feira (1º) o reajuste do gás natural no Estado. Publicado no Diário Oficial do Estado na quinta-feira (31), o aumento terá impacto  no preço para o fornecimento de gás para o consumidor final.

Fornecido pela Companhia Pernambucana de Gás (Copergás), o gás natural canalizado vai ter um aumento médio de 1,43% para o consumidor final em Pernambuco. Ou seja, esse percentual é a junção do gás entregue para todos os clientes, como os residenciais, comerciais, industriais e veiculares. Para os consumidores residenciais, por exemplo, os novos preços vão variar de R$ 1,9528 por metro cúbico (m³) a R$ 3,1835 por m³. 
“A cada três meses, a Petrobras reajusta o preço da venda do gás para a Copergás. Dessa última vez, a Petrobras anunciou que o valor passará de R$ 1,2451 por m³ para R$ 1,2650 por m³. Então, a Arpe autorizou a Copergás a reajustar as tarifas”, explicou o diretor de regulação da Arpe, Fred Maranhão, ao informar que a tarifa da Copergás é composta pelo preço do gás comprado da Petrobras e pela margem que recebe como receita.

Ainda de acordo com ele, de fevereiro de 2018 a fevereiro de 2019, o aumento do gás que a Petrobras passou para a Copergás foi de 32,88%. No entanto, desse acumulado, a Arpe só autorizou repassar 11,93%. “A política de aumentos da Petrobras é muito relevante. E a Arpe conseguiu não repassar todo esse percentual para o consumidor final”, disse Maranhão.


Anterior Proxima Página inicial