Especialista do Imip orienta sobre como se prevenir de irritações causadas pela fumaça de fogos de artifício e fogueiras juninas

 Durante o período junino é comum encontrar pessoas com tosse, cansaço, nariz entupido e irritação nos olhos. Os problemas são causados por conta da fumaça das fogueiras e também dos fogos de artifício. “A fumaça é um irritante e o aparelho respiratório reage fabricando mais catarro e as pessoas que têm asma podem entrar em crise”, explica a pneumologista pediatra do Imip, Patrícia Bezerra. “A gente orienta que as pessoas que têm uma asma forte fiquem em ambiente ventilado”, completa.

De acordo com a especialista, as irritações podem acometer pessoas que não são asmáticas. “Mesmo que a pessoa não tenha asma ela pode ter tosse prolongada e falta de ar, por exemplo. O ideal é que não ficar muito exposto à fumaça”, alertou a médica.

A pneumologista dá as orientações para aliviar os sintomas. “Aumentar a ingestão de água e lavar os olhos e as narinas com soro fisiológico. Se a pessoa for alérgica, é importante tomar antialérgico e, no caso do asmático, tratar os sintomas da crise”, detalha.

O aconselhável é que os fogos sejam soltos em locais abertos e com grande ventilação. As crianças não devem manuseá-los sem a presença de uma pessoa responsável e também não devem ficar sozinhas perto de fogueiras para evitar acidentes mais graves, como queimaduras.

Anterior Proxima Página inicial