Serra-talhadenses caem no ‘golpe do carro quebrado’

 Serra-talhadenses são vítimas de estelionato e fraude cometidos por criminosos de diversos lugares do Brasil. Cada vez mais criativos, os golpistas enganam e tiram dinheiro das vítimas com inteligência e destreza.
O primeiro caso apurado pelo Balanço Policial do parceiro Farol de Notícias, foi registrado no sábado (18), por volta das 10h. Mas o crime teria ocorrido na manhã do dia 26 de abril deste ano.
Segundo a vítima, uma moradora do bairro Bom Jesus, de 31 anos, uma empresa realizou um depósito de R$ 1 mil em sua conta através de um banco postal da Agência dos Correios da cidade do Rio de Janeiro-RJ.
Na data acima mencionada alguém se passou por ela, na cidade carioca, e fez a retirada do dinheiro antes que ela pudesse ter acesso.

GOLPE DO CARRO QUEBRADO
Também no sábado (18), um homem de 49 anos, foi vítima de um golpe tido como clássico na região. Por volta das 11h a vítima, morador da Várzea, recebeu uma ligação de uma pessoa fingindo ser um parente seu que estaria com o seu automóvel quebrado em uma oficina na cidade de Tabira.
De acordo com o relato da vítima a 177ª Delegacia de Polícia Civil de Serra Talhada, o falso primo teria pedido R$ 1 mil para pagar o reboque e os reparos realizados na citada oficina e lhe passou duas contas bancárias diferentes para receber os depósitos. Após realizar as operações a vítima desconfiou que se tratava de um golpe e procurou a polícia.

ALERTA
A DP de Serra Talhada chama a atenção da população para esse tipo de crime que vem se tornando cada vez mais comum na cidade e região. A Polícia adverte que é importante checar todas as informações antes de tomar qualquer atitude e, principalmente, não repassar dados pessoais, dados bancários ou dinheiro para desconhecidos.

Anterior Proxima Página inicial