Paulo Câmara é a favor da Reforma da Previdência, mas não diz a Pernambuco

O governador Paulo Câmara (PSB) não é o único, mas tem sido um dos governadores que quando está em Brasília é uma coisa, e quando chega aqui em Pernambuco quer cantar de galo contra a reforma da previdência. Não foi nenhuma fonte daqui de Pernambuco que me falou, mas pessoas que despacham diretamente nos gabinetes de Brasília deixaram chegar ao nosso Blog a informação de que o que o Governador faz aqui em Pernambuco como combatente da reforma da previdência não passa de um "teatro". "O estado de Pernambuco é um estado deficitário e será com certeza o mais prejudicado se a reforma da previdência não for aprovada e ninguém melhor do que o governador de vocês para saber disso, e inclusive ele aqui defende que seja feita a reforma e com urgência" disse-me. E mais: "É de conhecimento da bancada federal pernambucana o pensamento do governador que sabe que somente a reforma poderá fazer o Brasil e o estado de Pernambuco avançar como nunca antes".
De fato! Segundo informações apuradas com alguns amigos, o governador Paulo Câmara defende a reforma da previdência apenas com duas ressalvas: A questão do BPC e da aposentadoria rural. Paulo sabe do abacaxi que tem que descascar aqui no estado para colocar às contas em dia e tem torcido para que a reforma seja aprovada e dê aos governantes um oxigênio que hoje eles não têm. Ninguém quer acabar com a aposentadoria de ninguém, mas se a reforma não for aprovada, daqui a alguns anos e não é muito tempo o Brasil não conseguirá mais pagar aos seus aposentados. Afinal, qual a previdência que aguenta um regime previdenciário como o do Brasil? Você hoje dá sua contribuição e esta paga aos aposentados de hoje e não tem nada garantindo o seu futuro! Nada garante que quando chegar a sua vez de se aposentar, vá ter dinheiro.Mas esse parece que é de fato o jeito "Paulo Câmara de governar". No governo Temer, ele foi até Brasília e gravou um depoimento dizendo-se favorável a reforma trabalhista e que ela seria benéfica ao povo brasileiro. 
Mas no período eleitoral, ele fez questão de dizer que foi contra e muita gente acreditou. Tanto que ele foi reeleito. "A reforma trabalhista torna o Brasil mais produtivo" disse o governador do PSB. Pois é, do jeito que ele agiu naquela época, está agindo agora. Ele é um lá em Brasília, e outro bem diferente aqui em Pernambuco.

Anterior Proxima Página inicial