Pajeú deve ficar sem abastecimento de água devido greve de terceirizados do Sistema Adutor

 Em contato com o Blog do Cauê Rodrigues, funcionários terceirizados que prestam serviços ao Sistema Adutor Pajeú, que extrai água do Rio São Francisco até o estado da Paraíba, passando pelas cidades de Floresta, Serra Talhada, Calumbi, Flores, Princesa Isabel, Carnaíba, Quixaba, Afogados da Ingazeira, Tabira, Iguaracy, São José do Egito e Tuparetama, afirmaram o planejamento de greve por falta de pagamento.

A denúncia foi feita por um  dos operadores das estações elevatórias da Compesa, que são contratados pela empresa Rio Una Engenharia, alegando está com dificuldade de se deslocar para o trabalho e até mesmo se alimentar por falta de pagamento aos funcionários.

Com atrasos desde o mês de Março deste ano, argumentam que ao procurar  a empresa Rio Una, responsáveis  afirmam não ter recebido o repasse por parte da Companhia Pernambucana de Saneamento - COMPESA.

-"Companheiro, agradeço desde já! Não é do nosso interesse prejudicar as cidades que fazem parte do sistema da adutora Pajeú. Mais somos pais de família e sem receber não temos como trabalhar', pontuou o denunciante que não quis identificar-se.

Anterior Proxima Página inicial