Em Serra Talhada, estudante da Uast que vendia trufas ganha bolsa para o México

 O estudante do 5° período de Bacharelado em Ciências Econômicas pela UFRPE-UAST, José Matheus Felipe de Souza Moura, de 19 anos, natural de Triunfo, foi um dos selecionados, entre mais de 30 mil candidatos, para cursar um dos melhores treinamentos em inovações tecnológicas do mundo na Universidade de Tecnologia de Monterrey, no campus Santa Fé – Cidade do México.
O programa chamado TrempCamp promove, por três semanas, aulas com Ceo’s, empresários locais, professores renomados na área, além de visitas técnicas a empresas de renome mundial. Ele contou um pouco de sua trajetória na universidade que começou com a venda de trufas junto com o irmão.
“Meu pai é autônomo e mora em João Pessoa e minha mãe é roupeira e trabalha no Sesc em Triunfo. Na minha casa mora eu, meu irmão e minha mãe. Comecei a me interessar mais pelo empreendedorismo quando entrei na universidade e não tinha dinheiro, comecei a vender trufas com meu irmão no valor de R$ 1,50, porque na minha casa era difícil para minha mãe pagar o carro para eu e meu irmão que cursa Engenharia de Pesca. Logo, graças ao meu desempenho acadêmico, consegui um estágio no setor de Compras na própria universidade”, relatou.
SAIBA COMO AJUDAR
Mesmo com os 75% de desconto no custo inicial de US$ 3 mil, que Felipe precisaria pagar, com a bolsa ele precisa de US$ 750 dólares, o equivalente a R$ 3 mil. Fora as passagens que custam quase R$ 4 mil, passaporte, seguro de vida e a estadia.
Para ajudar a arrecadar o dinheiro, o jovem empreendedor lançou uma ‘vaquinha online’ e disponibilizou sua conta bancária. Os interessados em ajuda-lo podem realizar doações no site Vakinha Online  (clique aquiou através de depósito no Banco do Brasil | Agência 2739-1 | Conta Corrente 24411-2.

Farol

Anterior Proxima Página inicial