Conexão Pernambuco: Policia procura em Afogados, foragidos suspeitos no esquema milionário de celulares no Distrito Federal

 Após seis meses de investigações, a Coordenação de Repressão  aos Crimes Patrimoniais- CORPATRI) desencadeou a operação "Conexão pernambuco" para desarticular diversos crimes patrimoniais na região do Distrito Federal.

As prisões se deram inicio no dia 26 de Fevereiro de 2019, quando os suspeitos utilizavam uma loja de acessórios para celulares como fachada para compra e venda de aparelhos provenientes de crime, os aparelhos comprados de criminosos eram revendidos no Distrito Federal e na cidade de Afogados da Ingazeira, em Pernambuco.

Durante a ação, oito pessoas foram presas por forças de Mandados de prisão preventiva e temporária. Apesar das priões da primeira fase da operação, outros quatro suspeitos permanecem foragidos, sendo; Douglas de Sousa e Silva, Everson da Costa Rodrigues, Gutemberg Araújo dos Santos e Thiago Santos de Castro.
Todos tiveram suas prisões preventivas decretadas pelo Poder Judiciário por conta de sua participação na empreitada criminosa.

Anterior Proxima Página inicial