Ruim de vista? Bandeira ignora impedimento de um metro em semifinal do Pernambucano

 O Náutico saiu na frente do Afogados em jogo válido pela semifinal do Pernambucano, nos Aflitos, nesta quarta-feira. O gol foi marcado pelo volante Luiz Henrique, no final do primeiro tempo. Mas não faltou polêmica. O assistente Ricardo Nunes não viu impedimento de cerca de um metro do jogador alvirrubro. A confirmação do tento pelo árbitro Gilberto Castro Júnior revoltou os jogadores da equipe sertaneja - e rendeu gozações e críticas na web.
 Curiosamente, no início do segundo tempo, o Timbu fez um gol legal com Odilávio erradamente invalidado, desta vez pelo outro assistente, Bruno Vieira. O jogador estava em boa posição para fazer, bem atrás do penúltimo marcador.
Segundo o comentarista de arbitragem da Globo Adriano Siebra, a falha do bandeira no primeiro lance foi no posicionamento da jogada.
- O árbitro assistente estava completamente mal posicionado, atrás do lance. E cometeu um erro de principiante.

Anterior Proxima Página inicial