Jovem acusado de ameaçar alunos de escola estadual em Salgueiro se defende: “Não fui eu quem fez isso”

 Alvinho Patriota

Com uma foto propagada por vários aparelhos celulares em Salgueiro através do WhatsApp, o jovem Rafael Pereira de Oliveira, 20 anos, apontado como autor de uma ameaça de ataque à Escola Estadual Maurina Rodrigues na última quarta-feira, 3, assegura que também é vítima no caso.
“Não fui eu quem fez isso, é tudo falso. Fui vítima de um boato. Nunca desejaria mal para alguém. Ia ser preso sem dever”, disse o rapaz, em contato com a redação do Blog Alvinho Patriota nesta sexta-feira, 5.
Acusado de ter publicado a grave ameaça de ataque à escola localizada no bairro Cohab, em Salgueiro, Rafael foi detido por policiais militares e civis, encaminhado para a delegacia e liberado após prestar esclarecimentos. Ele diz que alguém usou sua foto para fazer uma brincadeira de mal gosto, que causou muitos transtornos e quase o coloca atrás das grades.
Nas últimas semanas, depois que dois jovens invadiram uma escola estadual em Suzano-SP e mataram várias pessoas, surgem diversos boatos na região de ataques a unidades escolares. Isso já aconteceu em Petrolina, Tabira e Serra Talhada, por exemplo.

Anterior Proxima Página inicial