Guto Ferreira trabalha pênaltis no Sport visando semifinal contra o Salgueiro

 Não é o objetivo do Sport, mas se for preciso ir para os pênaltis na semifinal do Campeonato Pernambucano, diante do Salgueiro, o técnico Guto Ferreira já está se preparando. Nesta quinta-feira, ele fez um trabalho longo com os jogadores das cobranças penais. Para não dar elementos para o Carcará, o treinador não permitiu que a imprensa filmasse a atividade, mas o aproveitamento foi bom. O jogo é domingo, às 16h, na Ilha do Retiro, com transmissão da Globo e do Premiere.
- A gente sabe da importância de treinar não só pênaltis, mas isso é uma situação que a etapa que a gente chegou, a semifinal, acaba acarretando. Se não abrir o placar ou não conseguir vencer no tempo normal vai acontecer (penalidades) e é importante estar preparado - comentou o atacante Ezequiel.
O aproveitamento bom no treino faz a confiança dos jogadores aumentar, mas o histórico positivo de um jogador em específico também é tema entre eles. O goleiro Mailson se destacava na base no fundamento e por isso recebeu o apelido de “filho de Magrão”, que é ídolo da torcida e está no banco de reservas.
Como profissional, Mailson teve apenas um pênalti para defender e defendeu. No ano passado, parou o meia Nenê no empate em 1 a 1 com o São Paulo no Morumbi.
O Sport teve três pênaltis ao seu favor no Campeonato Pernambucano e converteu todos eles. Foram dois com Hernane Brocador (contra o próprio Salgueiro e Petrolina) e um de Elton (contra o Petrolina).

Anterior Proxima Página inicial