Em Carnaíba, Câmara e sindicatos debatem em audiência pública sobre reforma da Previdência

 O Governo Bolsonaro entregou sua proposta de reforma da Previdência à Câmara no dia 20 de fevereiro. A complexa e impopular mudança no regime de aposentadorias brasileiro, considerada necessária para tirar o país de uma rota de implosão das contas públicas, é uma das ansiadas pelos investidores. Os críticos esperam para analisar se as mudanças contribuem para mitigar a desigualdade econômica do país enquanto os analistas políticos discutem a viabilidade da proposta no Congresso –depois da Câmara, onde precisa de 2/3 dos votos, o texto precisa ser referendado também por um terço dos senadores. O próprio Governo admite que a proposta pode sofrer alterações.
 Diante da situação, trabalhadores rurais do município de Carnaíba, no interior de Pernambuco, vereadores e instituições como o Sindicato dos Trabalhadores Rurais, FETAPE, Contag, CUT e SINTRAF, promoveram durante toda a manhã deste sábado 06, uma Conferência no prédio da Câmara de Vereadores do município para debater em Audiência Pública, a polêmica Reforma da Previdência.
 O presidente da Câmara de Vereadores, Gleybson Martins (PDT), e os vereadores Neudo da Itã, Preguinho, Irmão Adílson e Everaldo Patriota  reuniram-se com representantes sindicais na audiência pública que contou a presença de agricultores de diversos pontos do município. 

Reforma da Previdência foi proposta ainda no governo do ex presidente Michel Temer, mas segue dando o que falar. E deve continuar exigindo a atenção de todos por bastante tempo, até que seja aprovada e colocada em prática. Estamos falando de modificações na forma como o brasileiro contribui para se aposentar e, principalmente, nas regras para encerrar a sua atividade profissional.

Anterior Proxima Página inicial