STJ pode soltar Lula nessa terça, dia 26

 O Superior Tribunal de Justiça (STJ) colocou na pauta do próximo dia 26, terça, recurso que poderá libertar o ex-presidente Lula. A defesa do petista apresentou dois fatos novos ao recurso: 1- acordo da Petrobras com os Estados Unidos colocam a estatal na condição de ré e não vítima e 2- processo trabalhista da OAS de que a empresa pagou 6 milhões de reais para ajustar depoimento de delatores. O recurso de Lula diz respeito ao tríplex fake que a lava jato — leia-se a dupla Deltan Dallagnol e Sérgio Moro — atribuiu ao ex-presidente da República.

Em troca da acusação, condenação e cumprimento antecipada da pena de Lula, o ex-juiz Sérgio Moro virou ministro da Justiça e o procurador Deltan Dallagnol pode ocupar na PGR o lugar da procuradora-geral da República, Raquel Dodge. O ex-presidente Lula é mantido preso político desde 7 de abril do ano passado na Polícia Federal de Curitiba.

Anterior Proxima Página inicial