PSDB de Pernambuco cobra agilidade nas investigações sobre assassinato de vereador em Floresta

 Repercutiu em todo o Estado de Pernambuco o assassinato do vereador Alberto Carlos de Souza, mais conhecido como Beto Souza, 51 anos, em Floresta, cidade do interior de Pernambuco.

 O edil da Câmara de Floresta foi morto a tiros no domingo, 17, em uma emboscada na Fazenda Tabuado, na zona rural de Floresta. O PSDB de Pernambuco, partido ao qual Beto era filiado, divulgou uma nota nesta segunda-feira, 18, cobrando agilidade nas investigações.

“O PSDB de Pernambuco, sob a presidência do ex-ministro Bruno Araújo, solidariza-se com a família do vereador de Floresta, Beto Souza (PSDB), 51 anos, pelo seu assassinado neste domingo (17) ocorrido na zona rural do município. O presidente do PSDB-PE espera que as autoridades estaduais de segurança esclareçam o crime com brevidade”, diz o parágrafo inicial da nota, que traz dados sobre o crime e a vítima em seguida.
Na emboscada que tirou a vida do vereador também morreu Duda Nunes, 30 anos, que o acompanhava na visita à comunidade. (Alvinho Patriota)

Anterior Proxima Página inicial