Nesta sexta, escola define futuro do aluno que ameaçou "matança" em unidade escolar de Serra Talhada

 O estudante de 15 anos da Escola de Referência de Ensino Professor Adauto Carvalho (Erempac), em Serra Talhada, terá uma definição, nesta sexta-feira (22), sobre o seu futuro na unidade escolar.
Ele encontra-se suspenso até a próxima segunda-feira (25), após fazer uma brincadeira, colocando nas redes sociais que ‘faria uma matança’ na escola por ter sofrido bullyng dos colegas. Ele postou imagem nas redes sociais com uma arma de brinquedo na noite da quarta feira 20, ameaçando executar o plano na manhã de ontem, quinta feira 21, [Relembre aqui].

Ainda na quinta-feira, durante entrevista ao programa Frequência Democrática, na rádio Vila Bela FM, o tenente-Coronel, Gyrley Figueredo, responsável pelo comando do 14º BPM, defendeu uma punição ao menor, por ter provocado uma confusão generalizada, causando a ida de dezenas de pais à Delegacia de Polícia de Serra Talhada.

“Foi uma brincadeira de mau gosto que ele fez, mas que isso não foge da responsabilidade dele. Ele praticou esse ato, então vai ser responsabilizado na lei. Existe uma legislação específica para tal, mas ele vai ser responsabilizado de acordo com a lei. A Polícia Civil já tem conhecimento, Dr. Olegário já chamou os envolvidos e o de menor idade é tão responsável quanto um de maior, ele só não vai para presídio e nem cadeia pública. Ele vai para um local específico, que é em Recife, Arcoverde e Petrolina. Ele responde da mesma forma e é condenado da mesma forma, agora dentro da Legislação específica, que é da criança e do adolescente”, resumiu o comandante. (Farol)

Anterior Proxima Página inicial