Meteorologista da Apac comenta forte onda de calor no Recife

 Enquanto no interior de Pernambuco o tempo está nublado e com pancadas de chuva, e trovoadas no Arquipélago de Fernando de Noronha, muitos recifenses estão reclamando, neste fim de semana, do forte calor que está fazendo na capital pernambucana. A meteorologista da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) Zilurdes Lopes, em entrevista à Rádio Jornal na manhã deste domingo (24), explicou o que está acontecendo neste período na região.
"Em Fernando de Noronha e também no Sertão, é o mesmo fenômeno, que a zona de convergência intertropical. Esse sistema está provocando chuva, ontem e hoje também, a chuva deve continuar no Sertão e também em Fernando de Noronha. Para o Agreste, também há previsão de chuva hoje à tarde e à noite, isolada e com intensidade até moderada."
A meteorologista explica que a falta de precipitação está provocando o calor no Recife.  Segundo a especialista, a cidade chegou a registrar, nos últimos dias, até 35º.
"Também tem um sistema que está atuando no Litoral, que a gente chama de alta pressão. Então, quando esse sistema está atuando,  dificulta a formação de nuvens de chuva e favorece também uma temperatura mais elevada", afirmou Zilurdes, que citou ainda o fenômeno do El Niño como outro fator para o calor na cidade. "É o aquecimento das águas do oceano pacífico, então, quando tem esse sistema, a temperatura no Nordeste eleva."

Anterior Proxima Página inicial