Porta-voz diz que Bolsonaro continua sem previsão de alta

 Diante do agravamento do estado de saúde do presidente Jair Bolsonaro, o porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, evitou falar em uma data de previsão de alta.
Bolsonaro foi diagnosticado com pneumonia na quarta-feira (6), resultado de uma infecção hospitalar.
Durante entrevista coletiva, nesta sexta (8), Rêgo disse que Bolsonaro está melhorando, mas afirma que o presidente vai ser tratado com antibióticos por mais seis dias.
"Ao ser agregado um novo antibiótico, são sete dias a mais, a partir da primeira administração, que foi ontem", explicou.  (BR 247)

Anterior Proxima Página inicial