Curto-circuito no ar-condicionado pode ter causado incêndio no CT do Flamengo, dizem peritos

 Peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli estão no alojamento do CT do Flamengo que pegou fogo na madrugada desta sexta-feira (8) e vitimou 10 pessoas. Eles dizem que foi identificado um curto-circuito no ar-condicionado, mas que a perícia ainda está em andamento e não há uma avaliação definitiva sobre as causas da tragédia. As informações são do G1 e da TV Globo.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, o Ninho do Urubu ainda não possuía documentação definitiva de segurança e que o local está em processo de regularização de documentos junto aos bombeiros, não possuindo ainda o Certificado de Aprovação (CA), que atesta a existência e funcionamento dos dispositivos contra incêndio previstos por lei.
Os peritos ainda não divulgaram quando sairá uma definição completa sobre as causas do acidente. O incêndio no CT do Flamengo matou 10 pessoas, inclusive jogadores entre 14 e 17 anos. Três pessoas sobreviveram com ferimentos e estão em hospitais do Rio de Janeiro recebendo tratamento contra queimaduras.
Fonte: IstoÉ

Anterior Proxima Página inicial