Em Tavares, Prefeito Interino Luiz Poeta assume compromisso de retirar Lixão que polui açude de Juru

 Na última segunda-feira (21), o prefeito interino do município de Tavares-PB, Luiz Pereira de Sousa (Luiz Poeta), assumiu o compromisso de retirar o lixão da cidade localizado à margem da rodovia PB - 306, cujo depósito de resíduos a céu aberto há muio tempo contamina a água do Açude Timbaúba, manancial que atualmente abastece a cidade Juru. 

A iniciativa de conversar com o prefeito Luiz Poeta a respeito do lixão de Tavares foi tomada pelo companheiro Geraldo Luiz, ex prefeito de Juru e blogueiro, ainda no dia 14 deste mês, quando  procurou o gestor Tavarense na sede da prefeitura e foi prontamente atendido pela sua irmã, em virtude do gestor se encontrar viajando.

Nesta segunda-feira, no entanto, através de contato telefônico, o chefe do poder executivo tavarense agendou para que Geraldo Luiz o procurasse às 18h00 na prefeitura, para que juntos buscassem uma solução para tão grave problema.

Para o encontro, convidei o empresário Milton Miguel e o vereador Álvaro Teixeira para que me acompanhassem, se interesse de ir tivessem, haja vista que os mesmos têm a mesma preocupação que eu com a situação do nosso reservatório. E, de igual modo, também convidei Edmilson Jerônimo e Vanildo Ricarte.
Impressionou-me a pontualidade britânica do gestor tavarense com o horário agendado, coisa não muito comum nos prefeitos, bem como a receptividade com que ele nos recebeu juntamente com seu assessor jurídico e outros auxiliares. 
Luiz Poeta agiu muito diferente do prefeito de Juru, que descompromissadamente ignora as reclamações da população da cidade a respeito da fumaça tóxica do lixão irregular da nossa cidade, principal causador dos problemas respiratórios da nossa gente, entre outros males.  Na ocasião, Luiz Poeta se prontificou a providenciar de imediato, já no dia seguinte, a aquisição de uma área de terra na zona rural do município a fim de locar enquanto viabilizaria à compra em definitivo da mesma para depositar os resíduos sólidos da cidade que administra". Pontuou Geraldo Luiz do Juru em Destaque.

Anterior Proxima Página inicial