.

.

.

.

.

.

Quatro serra-talhadenses são feitos reféns e mortos durante tiroteio no estado do Ceará.

Quatro serra-talhadenses, entre eles, o empresário João Batista Magalhães, da Magalhães Informática e o seu filho Vinícius Magalhães, de 14 anos, foram mortos na madrugada desta sexta-feira (7) no município de Milagres, no estado do Ceará. 
Eles foram feitos reféns durante uma tentativa de assalto a banco quando retornavam de Juazeiro do Norte. As outras vítimas são dois serra-talhadenses, cunhados de João Magalhães, que residem em São Paulo, e retornavam para visitar familiares no Sertão pernambucano. João Magalhães e o filho Vinicius teriam ido ao Juazeiro do Norte buscar o cunhado no aeroporto daquela cidade.

A tentativa de roubo aconteceu por volta de 2h da madrugada. Houve intensa troca de tiros entre os policiais e os criminosos.
Diversos carros da PM foram usados para conter a quadrilha. Devido à ação da Polícia Militar, o grupo criminoso não conseguiu levar o dinheiro de nenhum dos estabelecimentos bancários, que ficam na Rua Presidente Vargas, no Centro da cidade de Milagres-CE.

Um total de dez pessoas teriam sido feitas de reféns e mortos pelos bandidos. Além dos serratalhadenses, mais cinco pessoas da mesma familia, de outra cidade, entre elas duas crianças também foram mortas no tiroteio.
 DOR E DESESPERO
Em Serra Talhada, a residência da mãe do empresário João Batista Magalhães, no Bairro do Bom Jesus, está em clima de dor e comoção pela tragédia. 
Familiares e amigos já viajaram para Milagres para agilizar o translado dos corpos. Ainda não há informações sobre o sepultamento.
Farol e Rádio Vila Bela FM


Anterior Proxima Página inicial