.

.

.

.

.

.

Justiça concede prisão domiciliar à acusada de torturar menor em Afogados da Ingazeira em ação de Dr. Dudu Morais

 O advogado Dudu Morais tem mais um caso para colocar entre os seus grandes feitos judiciais.

 Com argumento baseado em recente decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal e transcrito em 62 páginas, ele conseguiu a conversão de prisão preventiva em prisão domiciliar para a ré M.E.V.G., moradora do Bairro São Francisco em Afogados da Ingazeira, presa em outubro passado na Operação Folter, tortura em alemão. 

O caso alcançou grande repercussão devido a filmagens que circularam nas redes sociais, tendo uma menor como vítima.
 Entre outros fatos, Dudu Morais é lembrado por conseguir ação semelhante em favor do cantor Delmiro Barros e por várias absolvições alcançadas no Tribunal do Júri.

Anterior Proxima Página inicial