.

.

.

.

.

.

SUSPEITOS DE TRIPLO HOMICÍDIO EM GRAVATÁ SÃO PRESOS

 Três homens foram presos na tarde dessa quarta-feira (3) suspeitos de cometerem um triplo homicídio no bairro do Prado (Campo da Cerâmica), em Gravatá, no Agreste de Pernambuco. Os suspeitos foram encontrados dentro de uma residência no bairro Jardim Petrópolis.
 As armas de fogo que teriam sido utilizadas no crime foram apreendidas no local. Eles foram identificados como Jamerson Alves Monteiro, Jankel Alves Monteiro e Cleber José Silva e são investigados por outro homicídio na cidade. De acordo com a Polícia Civil, Jankel já foi preso por homicídio e Cleber por roubo.
No total, foram apreendidas três armas de fogo, sendo dois revólveres calibre .38, um revólver calibre .32, uma munição calibre .32, quatro munições calibre .38, uma munição calibre .556, uma munição calibre .12, uma balança de precisão, dois estojos de munição deflagrada e um punhal. Os três foram levados para a Delegacia de Gravatá, autuados em flagrante e serão apresentados em audiência de custódia.
Relembre o caso Clicando aqui!
Quatro jovens entre 15 e 18 anos foram atingidos por tiros de arma de fogo em um local onde funcionava uma fábrica de cerâmica, que atualmente está abandonada na manhã dessa quarta-feira (3). Três deles morreram e outro foi levado para o Hospital da Restauração, no Recife. Igor Thiago Lima de Vasconcelos, 17 anos, está na unidade de trauma da unidade de saúde, estável.
As vítimas fatais foram identificadas como Deivison Weslley Gonzaga de Souza, Hugo Henrique Resende Pereira e Carlos Eduardo Gonçalves Monteiro. Um dos envolvidos era filho de um secretário municipal de Gravatá.
(Com informações do NE10)

Anterior Proxima Página inicial