.

.

.

.

.

.

Serra-talhadense morto pelo PM se exibia no WhatsApp ostentando dinheiro e debochando, diz polícia

 Cristóvão Mendonça da Silva, morto nessa sexta-feira (26) no bairro Ipsep em Serra Talhada, após tentar revidar com tiros uma ordem de prisão, exibia imagens na internet ostentando dinheiro e debochando da polícia.
A informação é do 14º BPM.
Após realizarem diligências frustradas, uma equipe da cidade de Brejo Santo, no Ceará, conseguiu saber do paradeiro do suspeito por meio do WhatsApp. Cristóvão era suspeito de ter roubado R$ 12 mil de um mercado naquela cidade na última quinta (25).

“Ele ostentava dinheiro e debochava do efetivo dizendo que havia visto a viatura passando próximo a uma residência na qual se encontrava”, relatou o batalhão de Polícia, por meio de boletim.
E assim Cristóvão deu azar. A PMCE já havia retornado a Brejo Santo após diligências frustradas na Capital do Xaxado quando foi surpreendida com as imagens do suspeito nas redes do sociais.

Sem contar que o policiamento acompanhava silenciosamente suas postagens, Cristóvão foi surpreendido com o retorno da equipe à cidade.
Identificado, lhe foi dada voz de prisão. Ele foi alvejado ao tentar sacar um revólver contra o efetivo. (Farol)

Anterior Proxima Página inicial