.

.

.

.

.

.

“Quem é dono de Pernambuco é o povo”, diz Armando em carreata

 Faltando uma semana para a eleição, o candidato ao Governo de Pernambuco pelo PTB, Armando Monteiro, realizou, na tarde de ontem, uma carreata pelas ruas de Caruaru. "As pessoas querem mudar. Querem tirar do poder esta turma que acha que Pernambuco tem dono. Quem é dono de Pernambuco é o povo", afirmou momentos antes do início do cortejo.
Ao lado de Armando no caminhão que percorreu bairros populosos e tradicionais da cidade, como Vassoural, Salgado, São Francisco e Santa Rosa; estavam a prefeita Raquel Lyra (PSDB), o ex-governador João Lyra (PSDB), os candidatos ao Senado Bruno Araújo (PSDB) e Mendonça Filho (DEM), o deputado federal Daniel Coelho (PPS), a deputada estadual Priscila Krause (DEM), o prefeito de Santa Cruz de Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), e a candidata à Assembleia Legislativa Alessandra Vieira (PSDB).
"O povo de Caruaru foi discriminado pelo governo. Mas quem sofreu foi o povo. Caruaru tem obras importantes, como o Hospital da Mulher, que não saiu do papel. Isso porque esse governo tem como prática mentir. Não entrega as promessas que cumpriu e agora renova um novo pacote de mentiras por puro cálculo eleitoreiro", destacou. "Por onde andamos vemos que todos querem mudar. Porque, se não mudar, fica tudo como está", enfatizou Armando, que já tinha realizado uma carreata em Serra Talhada, no Sertão, pela manhã.
Pouco depois de Caruaru, Armando participou, em Agrestina, no início da noite, de mais um ato público. O candidato ao governo pela coligação Pernambuco Vai Mudar voltou a bater forte na política de segurança conduzida pelo governador nos últimos anos. "A segurança explodiu. As pessoas estão atrás das grades e os bandidos, soltos. Eu vou tomar a segurança nas minhas mãos. Isso vai ficar no gabinete do governador. Eu já disse e repito: os bandidos não vão ter vida fácil quando a gente chegar lá", disse Armando, referindo-se à proposta do Comando Cidadão, uma das mais elogiadas medidas que vem apresentando.
Ao lado dos prefeitos de Agrestina, Thiago Nunes (MDB), e de São Joaquim do Monte, Joãozinho Tenório (PSDB), Armando ainda convocou o povo para se engajar ainda mais na campanha, que se revela a cada dia mais bem recepcionada. "Faltam sete dias. Essa turma aí é prepotente e arrogante. Pensa que Pernambuco é deles. Não é, não. Nós vamos mostrar a eles. Vamos pegar no serviço para conquistarmos essa grande vitória", finalizou.

Anterior Proxima Página inicial