.

.

.

.

.

.

No Debate da Globo, Armando diz que Paulo vive da propaganda e da mentira

 As mentiras do governo Paulo Câmara foram escancaradas por Armando Monteiro no debate promovido pela Rede Globo, na noite desta terça-feira 2. Das promessas não cumpridas às notícias falsas, passando pelo envolvimento do governador em denúncias de corrupção, a propaganda oficial foi desmontada diante das câmeras. “O governo Paulo Câmara é o governo da propaganda e da mentira”, resumiu Armando.

Mais uma vez, Paulo fugiu do confronto democrático com Armando. Das quatro oportunidades que teve de escolher a quem questionar, o atual governador optou por direcionar as perguntas a outros candidatos. O governador deixou de responder a várias questões, em especial às relacionadas aos desdobramentos das investigações sobre corrupção ligadas ao seu nome. Armando perguntou sobre o envolvimento de assessores ligados ao governador no desvio de verbas destinadas às vítimas das enchentes de maio de 2017, que culminou com a presença da Polícia Federal no Palácio do Campo das Princesas. “Pernambuco assistiu estarrecido a essa cena. Ainda mais porque os recursos eram destinados às vítimas das enchentes na Mata Sul”, salientou Armando.

O candidato da coligação Pernambuco Vai Mudar teve a chance de apontar problemas da gestão de Paulo Câmara, como o superfaturamento da Arena de Pernambuco.   Em vez de responder à questão, Paulo, mais uma vez, repetiu chavões, no que foi rebatido por Armando: “Você era do comitê gestor da Arena. Você foi alvo de uma delação, recebeu propina”.

“O governador é campeão de promessas não cumpridas. A cara desse governo é a mentira, propaganda apenas. Houve retrocesso na segurança, a saúde está em situação lamentável  e é um exterminador de empregos. Porque não soube destravar os 29 convênios que já contam com dinheiro na conta do governo. Faltou competência, liderança, autoridade. Isso é lamentável. E tem que mudar. Porque, se não mudar, fica como está”, arrematou.

Anterior Proxima Página inicial