Haddad sugere Mario Sérgio Cortella como ministro da Educação

 O candidato à Presidência da República Fernando Haddad (PT) aproveitou o Dia dos Professores, comemorado hoje, para dizer que gostaria de ter o filósofo e palestrante Mario Sérgio Cortella como ministro da Educação, caso vença o segundo turno das eleições, que ocorre no próximo dia 28.
A declaração foi feita por meio do Twitter. "Há muito tempo digo que ele (Cortella) deveria pensar em ocupar o Ministério da Educação. Quero montar a equipe dos melhores", afirmou o petista.
“Sou amigo do Mario Sérgio Cortella há anos. Ele acompanhou meu trabalho como ministro e há muito tempo digo que ele deveria pensar em ocupar o Ministério da Educação. Quero montar a equipe dos melhores”, diz a mensagem.
Na rede social, o candidato, que é professor na Universidade de São Paulo (USP), também parabenizou os profissionais da educação e falou sobre as propostas para a área. "Nossa proposta é aumentar a permanência do jovem para sete horas na escola. Vamos usar a tecnologia, sim, mas não com a criança na frente de um computador sem o acompanhamento de um adulto", tuitou.

Anterior Proxima Página inicial