.

.

.

.

.

.

Escola e posto de saúde são incendiados em comunidade indígena em Jatobá-PE; polícia investiga

 Um incêndio destruiu a Unidade de Saúde da Família e a Escola Municipal de Jatobá (PE), no Sertão de Itaparica, na madrugada de ontem (29). Nas redes sociais, o povo indígena Pankararu, residente da aldeia Bem Querer de Baixo, denunciou o fato e alegou que os prédios foram “criminosamente incendiados“.
Segundo publicação dos Pankararu, houve perda total da estrutura física, móveis, documentos e equipamentos. “Pouca coisa se salvou. A comunidade Bem Querer de Baixo é uma das principais áreas de conflitos entre indígenas e posseiros e onde recentemente tivemos ganho de causa pela reintegração de posse do nosso território“, diz a nota.

Ainda de acordo com a comunidade, as crianças serão prejudicadas sem escola no fim do ano letivo e os atendimentos na unidade de saúde, cerca de 500 por mês, serão prejudicados. “Que se faça a devida investigação, que os culpados sejam punidos, que haja justiça!“
Em nota, a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) afirmou que está investigando a motivação e os suspeitos do incêndio. Ainda segundo a PCPE, uma equipe está realizando perícia nos locais e será aberto um inquérito policial para investigar o caso, que está sobre o comando do delegado Daniel Angeli. (Com informações da FolhaPE)

Anterior Proxima Página inicial