.

.

.

.

.

.

Prefeitura de Afogados barra ambulantes de comercializarem durante o Cine Sesi

 Com a expectativa de ganhar um dinheiro extra com a venda de pipocas, água e refrigerantes durante a exibição de filmes do SESI em Afogados da Ingazeira, o senhor José Batista, pipoqueiro e a senhora Edileuza, chegaram animados na noite desta sexta feira 28, para vender seus produtos durante a programação do evento.

Ao se posicionarem em seus locais de costumes, foram barrados por guardas e funcionários da prefeitura, sendo proibidos de comercializarem seus produtos na Praça Monsenhor Alfredo de Arruda Câmara, onde está montado o cinema ao ar livre.

Dona Edileuza disse ao Blog do Cauê Rodrigues que sentiu-se constrangida e que foi abordada por um funcionário da Secretaria de Cultura. Já seu José Batista que vende pipoca no local há mais de 08 anos, foi barrado pela guarda.

-"Não custava nada a gente ter ficado lá. Eles iam dá pipoca para o publico, mas o que custava ter me deixado lá? Eu estou vendendo água, produto que eles não tem lá, ia melhorar o atendimento, e no caso de seu Zé Batista, com certeza também não impediria a distribuição dos produtos deles". Finalizou dona Edileuza.
Os ambulantes acabaram ficando na pracinha Padre Carlos Cottart, por trás da barraca de Serra Pau, cerca de 200 metros de distancia do evento.


Anterior Proxima Página inicial