Salgueiro pretende usar a Copa Sertão como laboratório para descobrir novos jogadores

 O Salgueiro está entre os clubes que pretendem participar da primeira Copa Sertão. O torneio, previsto para começar no dia 12 outubro, vai contar com oito equipes de Pernambuco, Paraíba e Ceará. De acordo com o presidente do Carcará, José Guilherme da Luz, o principal objetivo do clube na competição é descobrir jogadores que possam integrar o elenco que vai disputar o Pernambucano e Série D do ano que vem.

– A dificuldade financeira de todos os clubes do interior é pública e notória. No Salgueiro, depois que Clebel [ex-presidente] se afastou, as dificuldades só aumentam. Por isso, vamos procurar jogadores jovens em outros clubes e vamos usar essa copa como laboratório para ver se o jogador tem capacidade de jogar o Pernambucano e a Série D – explica Zé Guilherme.

De acordo com Zé Guilherme, o fato da Copa Sertão não exigir que o jogador seja registrado no Boletim Informativo Diária da CBF (BID) facilita na busca por novos atletas.

Para evitar gastos e por ser um torneio para avaliar jogadores, os atletas que defenderam o Carcará nesta temporada e que estão confirmados no time do ano que vem, como o zagueiro Ranieri, não vão participar da Copa Sertão. Outra novidade, é que o time será treinador pelo técnico da equipe sub-20, Marcos Tamandaré.

Além do Salgueiro, a Copa Sertão terá as presenças de Atlético-PB, Barbalha-CE, Campo Grande-CE, Crato-CE, Guarani de Juazeiro-CE, Serrano-PE e Sousa-PB. A competição está prevista para terminar no dia 8 de dezembro.

As equipes foram divididas em dois grupos. O Grupo A da primeira Copa do Sertão é formado por Atlético de Cajazeiras, Barbalha, Crato e Sousa. Enquanto isso, a Chave B é composta por Campo Grande-CE, Guarani de Juazeiro, Salgueiro e Serrano de Serra Talhada.

Anterior Proxima Página inicial