Prefeituras assinam Declaração de compromisso com a sustentabilidade urbana

 Treze cidades brasileiras e internacionais assinaram hoje (18.09), durante a abertura da Conferência Catalisando Futuros Urbanos Sustentáveis, uma Declaração coletiva com metas de compromissos pela sustentabilidade urbana. As cidades foram convidadas a manifestar seu apoio a agenda sustentável com medidas praticas, ou ainda desenvolvendo e compartilhando soluções pertinentes em seus contextos singulares.
O documento destaca a importância de soluções integradas para interceder contra a mudança do clima, perda de biodiversidade e desigualdade social. Espalhados por quatro continentes, os municípios signatários foram convidadas a expressar apoio a declaração e seus princípios, desenvolvendo e compartilhando soluções relevantes que podem ser replicadas.
Com o titulo 'Declaração de São Paulo sobre sustentabilidade urbana: Um chamado para integrar nossas respostas à mudança climática, à perda de biodiversidade e à desigualdade social', os compromissos apresentados passam pela obrigatória definição de metas municipais de baixa emissão de carbono, o desenvolvimento de planos municipais de ação pela conservação da biodiversidade das áreas urbanas e um planejamento que incorpore dados no processo de ordenamento espacial.
Os objetivos gerais para a comunidade são aproximar a natureza das pessoas, defender a inclusão social e promover as soluções baseadas na natureza como ideias para melhoria dos ecossistemas, visando aumentar a qualidade de vida e resiliência urbana.
Alem do prefeito de São Paulo, Bruno Covas, assinaram a Declaração a vice-prefeita de Paris, Penélope Komitès; o governador de Abidjan, Beugré Mambé; o prefeito de Sandiara, no Senegal, Serigne Diop; o prefeito de Recife, Geraldo Júlio; a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra; o prefeito de La Paz, Gregorio Alvarez; o prefeito de Campinas, Jonas Donizette; a prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas; o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro; a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho; o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio; e o prefeito de Ningbo, na China, Shen Min.


Anterior Proxima Página inicial