Homem é preso com 890 "bananas" de dinamite em Moreno-PE

 Um homem de 43 anos de idade foi preso em flagrante na cidade de Moreno, no Grande Recife, por comercialização de explosivos que seriam usados para roubos a instituições financeiras.
Com ele, segundo a Polícia Civil, foram apreendidas 890 "emulsões", materiais popularmente conhecidos como "bananas" de dinamite.
Cada unidade do material, segundo a polícia, vale R$ 300. Se fossem vendidos a esse valor, os explosivos renderiam R$ 267 mil.
Ainda segundo a Polícia Civil, Everaldo Souto Maior de Lima Júnior, de 43 anos, tem passagem pelo sistema prisional por crimes como roubo e de receptação. Ele é considerado "perigoso" pela corporação.
A prisão foi comandada pelo delegado Cláudio Castro, após denúncias sobre a venda de artefatos explosivos para assaltos a bancos, carros-fortes e para a explosão de muros de unidades prisionais, para o "resgate" de presos.
Everaldo foi encaminhado ao Departamento de Repressão ao Narcotráfico (Denarc), onde foi autuado em flagrante. Ele seguiu para audiência de custódia em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.
O G1 entrou em contato com o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) para saber o resultado da sessão e aguarda resposta.

Anterior Proxima Página inicial