Carnaibana Branca Oliveira se torna Campeã Sul-Americana de Fisioculturismo

 Natural do sitio Santo Antônio, na zona rural de Carnaíba, no interior pernambucano, filha do casal Luiz Lira de Oliveira e Luiza Pereira de Oliveira, a bela Rosilene Oliveira, conhecida como Branca, hoje com 25 anos, se torna estrela internacional do fisioculturismo.
 Ainda na infância estudou na cidade de Afogados da Ingazeira onde morou por pouco tempo e depois foi embora para Brasília-DF, onde terminou seus estudos e acabou casando-se com o treinador  Deivid Souza.
Tomou gosto  e acabou se tornando Personal Trainer até decidir entrar no mundo do fisioculturismo.

 Treinou bastante e se tornou campeã em fisiculturismo conquistando até agora um total de
 10 títulos de campeã no fisioculturismo.

Iniciou o fisiculturismo em 2014, conquistou vários títulos e no ano de 2019 conquistou os mais importantes deles: teve a honra de conquistar o Tri-campeonato Brasiliense e o título de Overall (campeã das campeãs), e no mês de setembro conquistou seu maior título : foi campeã sul-americana.
 -"Me tornei Campeã Brasileira, título importantíssimo pra mim, pois venho lutando desde o início para conquistá-lo, e dessa vez consegui, graças a Deus. 

Agora em setembro conquistei o meu maior título como atleta de fisiculturismo. Fui Campeã Sul-americana. Todos esses títulos só foram possíveis graças ao meu esforço, garra e determinação. E graças ao marido e treinador, Deivid Sousa. 

Para mim foi uma benção  representar o meu Brasil, e o meu sertão maravilhoso, uma honra representar todas as nordestinas guerreiras. Quero dedicar esses títulos à todos vocês meus conterrâneos. Obrigada". Disse Branca ao Blog do Cauê Rodrigues. (Fotos: Arquivo pessoal)

Anterior Proxima Página inicial