Custódia: Vereador taxa prefeito de antidemocrático ao suspender contribuição sindical

 A instituição SISMUC, há mais de 20 anos defende os interesses dos servidores municipais de Custódia, já enfrentou diversos embates com prefeitos, o que é natural da atividade sindical; contudo, nunca se trabalhou acintosamente para fechar o sindicato, como vem fazendo a atual gestão, o servidor necessita de representatividade, tanto aquele que agora é perseguido, como aqueles que por hora recebem as benesses do poder, que amanhã poderão precisar de um sindicato forte.

 Esta atitude lamentável do prefeito, é uma resposta perseguidora aos últimos movimentos de protestos contra sua gestão, que desde o início atrasou salários, cortou vencimentos, fragilizou o plano de cargos da educação, fatiou contracheques e engana há anos os servidores, a quem prometeu novo PCC, sem nunca sair das promessas. Me solidarizo à direção colegiada do SISMUC, aos servidores ativos e inativos, me colocando à disposição para trabalhar pelo reestabelecimento do financiamento legal, autorizado pelos servidores, como sempre foi e como nunca deveria ter sido suspenso”. Vereador – Gilberto de Belchior

Anterior Proxima Página inicial