Solidão: Radialista denuncia descaso com a escadaria do Cristo e cobra providência da prefeitura

Inaugurada no dia 03 de Novembro do ano de 2017, a  escada do Cristo Ressuscitado, na cidade de Solidão, Sertão de Pernambuco, já sofre descaso por parte da prefeitura daquele município.

Na inauguração, o evento recebeu a presença de autoridades como; o governador do estado Paulo Câmara, João Fernando Coutinho, Gonzaga Patriota, Clodoaldo Magalhães, prefeito de Afogados da Ingazeira José Patriota, Antônio Carlos Figueira, João Campos, Dinca Brandino ex prefeito de Tabira, Dêva Pessoa ex prefeito de Tuparetama, José Vanderlei além de outras autoridades locais e de cidades vizinhas.
O governador que esteve visitando a cidade pela primeira vez, inaugurou naquele dia as obras junto ao Prefeito de Solidão Djalma Alves, deputados e do Padre Genildo Herculano, que respondia naquela época pela Paroquia de Nossa Senhora de Lourdes, a padroeira de Solidão.
 Durante sua fala naquele dia, o Prefeito Djalma Alves, falou da importância da escadaria para a cidade e aproveitou a oportunidade para pedir as autoridades ajuda para fazer 6 mil metros de calçamento no trecho que liga as 12 estações ao cristo, que vai além de alavancar ainda mais o turismo religioso, vai facilitar a locomoção das famílias da zona rural daquele setor.

Mas infelizmente, a escadaria a exatos 02 anos já foi abandonada. O caso veio à tona após o comunicador Fabrício Ferreira, da Rádio Cidade FM, de Tabira denunciar o descaso na emissora, o que alertou a população e a imprensa regional.

Num período de chuvas, a escadaria foi invadida por lama e nenhuma providência por parte da prefeitura foi tomada, o corrimão precisa de uma nova pintura, as paredes da escadaria estão pichadas e o mato invadiu os canteiros da pracinha do Cristo.
A obra da escadaria avaliada em R$ 647 mil reais, que foi sonhada e aclamada por anos pela população, a qual aumentaria ainda mais o turismo religioso no município, assim causando impacto positivo no comércio local, que atualmente é uma das principais fontes de renda de várias famílias solidanenses.
 O comunicador  cobrou providências do gestor Djalma Alves e disse que é uma obrigação da prefeitura fazer a manutenção do local, Ele solicitou que o prefeito escalasse pelo menos duas pessoas para fazer e tirar o pó da escadaria para facilitar a passagem dos fiéis e turistas.
-"As duas pracinhas do Cristo foram tomadas pelo mato bruto, senhor prefeito ou secretário de obras, façam a limpeza, pintem aquele corrimão, grupos picharam as paredes da escadaria... a sociedade também tem a sua parcela de culpa em deteriorar um patrimônio que pertence a eles mesmos", focou Fabrício Ferreira.
Ele finalizou dizendo: -"Se você for em Solidão a partir de sexta feira, sábado e no domingo, são centenas, milhares de pessoas que vão naquele município ali, agradecer a santa milagrosa pelas graças alcançadas, outros vão pagar promessas, são pessoas subindo as ecadas de joelhos, outros subindo a escadaria do Cristo... Então nós aguardamos uma providência por parte do poder público de Solidão".

Anterior Proxima Página inicial