Paulo Câmara não cumpre palavra e não inicia reforma de estradas no sertão

 Sertão sem plano de estradas
O plano de recuperação da malha rodoviária do Estado, lançado pelo governador Paulo Câmara (PSB) há 40 dias, ainda não chegou no Sertão. Carimbado de “Caminhos de Pernambuco, prevê investimentos da ordem de R$ 505 milhões, contemplando 5.554,5 km de estradas em péssimas situações.
A buraqueira na área sertaneja é generalizada. Por conta de uma ponte que caiu desde outubro do ano passado entre os municípios de Bodocó e Ouricuri, no Araripe, ocorreu, ontem, um grave acidente com um caminhão da Friboi, resultando na morte de duas pessoas. Cidade turística, Triunfo está quase ilhada, segundo o prefeito João Batista (PL), devido ao agravamento do quadro da principal estrada que liga o município a Serra Talhada.
Em Tabira, no Pajeú, estrada e acesso a Água Branca, já na Paraíba, virou pó.  Entre Carnaíba e Tabira, passando por Afogados  da Ingazeira, a situação também é calamitosa e perigosa devido as inúmeras crateras abertas em toda a extensão da PE 320.
 A secretária de Infraestrutura, Fernanda Batista, andou pelo Sertão para vistoriar o que não existia: obras de restauração de estradas. Mesmo com a ação da Secretária, o governador Paulo Câmara não cumpre mais uma vez com seu compromisso com a população.

Anterior Proxima Página inicial