Buracos invadem a Rodovia PE 320 entre Tabira e Flores e Promotor de Justiça de Carnaíba cobra recuperação do trecho

Das várias crateras abertas na Rodovia Estadual PE 320, entre as cidades de Flores à Tabira, uma deles vem causando maior transtorno a motoristas e motociclistas no trecho entre Carnaiba e Afogados da Ingazeira.

Localizada nas proximidades das lombadas do Bar de Antônio Chico com a entrada da estrada vicinal do sitio Curral Velho dos Pedros, a cratera vem causando prejuízos diversos e pondo em risco as vidas das pessoas que trafegam pelo local.

Com a falta de sinalização do perigo á frente, carros e motos já caíram dentro da cratera, em alguns casos, veículos tiveram pneus estourados e motoristas perdendo o controle e saindo para fora da pista.
 A cratera é uma das principais do referido trecho entre Afogados e Carnaíba, somando-se a outras nas proximidades do Trevo de acesso ao Povoado da Itã e mais duas nas proximidades da entrada do Povoado de Roça de Dentro, estes últimos já provocaram acidentes, inclusive com vitimas fatais.

Indignados, motoristas e motociclistas pedem uma providência do Departamento de Estradas e Rodagens de Pernambuco- DER e da Secretaria Estadual dos Transportes.

A Rodovia PE 320 liga o municipio de São José do Egito à Serra Talhada, passando por Tabira e Afogados onde os buracos predominam em maior número e de Afogados para Carnaíba, com enormes buracos em toda a extensão da rodovia se estendendo a buraqueira também no trecho entre Carnaiba e Flores.
O promotor de Justiça de Carnaíba, Dr. Ariano Tércio Aguiar encaminhou ao Secretário Executivo de Transportes, Antônio Ferreira Cavalcanti Júnior o ofício 230/2019, que solicita manutenção na rodovia PE-320, somente no trecho que liga os Municípios de Serra Talhada a Afogados da Ingazeira, com a devida capinação do mato que está invadindo a via e demais serviços necessários.
Ele alega que a rodovia é uma das estradas que recebe maior número de tráfego de veículos na região do Pajeú. Também o atual estado da rodovia estadual, que segundo ele está se deteriorando devido a escassez de manutenção.
Acrescenta que é dever da secretaria cuidar das rodovias do Estado, além de ser direito dos cidadãos trafegarem em rodovias seguras e bem estruturadas. “Verifiquei a má qualidade, pondo em risco a vida de muitos estudantes que se deslocam as faculdades de Serra Talhada, no período noturno. A falta de manutenção acarretou num acúmulo de muitos buracos deixando a rodovia sem a mínima condição de trafegarmos com segurança”, diz.
O promotor solicitou que o Departamento deve informar quais as medidas estão sendo adotadas para atender a solicitação ministerial, no prazo de quinze dias.

O Blog do Cauê Rodrigues publicou a matéria sobre o assunto em 11 de Abril de 2019. Dias depois o Departamento de Estradas e Rodagens -DER/PE sinalizou os buracos com uma borda branca em torno de cada, afirmando a imprensa de que o serviço de recuperação seria iniciado, mas já se passaram dois meses e nada foi feito.

Anterior Proxima Página inicial