Sanfoneiro mirim de Itapetim é a grande revelação na final do Festival de Sanfona na Bahia

 Com apenas sete anos de idade, o pequeno Wendell Ayel de Souza Freitas começa a ganhar destaque pelo Nordeste afora. Natural de Itapetim, no Sertão do Pajeú pernambucano, o menino é dono de um talento admirável quando o assunto é sanfona.
Filho do músico Leandro de Souza Freitas e da dona de casa Alane Carine de Souza Melo, o sanfoneiro mirim do Ventre imortal da poesia participou nesta quarta-feira (22), da final do 9º Festival de Sanfoneiros de Feira de Santana, na Bahia.
O evento é realizado pela Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) através do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca). 

O festival tem como objetivo valorizar, incentivar e premiar os mestres da sanfona, símbolos de resistência da cultura nordestina.
O concurso foi composto de duas etapas. A primeira foi por meio da avaliação de apresentação em vídeo do candidato executando uma música.
A segunda etapa a apresentação da grande final, que aconteceu ontem no Auditório Central da Uefs, com entrada franca.
Itapetim se orgulha e torce pelo garoto Wendell. O menino é a prova de que sua terra natal não é só o Ventre imortal da poesia, mas também é o chão de um grande mestre da sanfona pernambucana. (J.Campos)

Anterior Proxima Página inicial