Prefeitura disponibiliza cadastro para feirantes que tiveram bancos destruídos por incêndio em Caruaru

 A Prefeitura de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, irá disponibilizar a partir das 8h desta terça-feira (7) um cadastro especial para os feirantes que tiveram bancos destruídos por um incêndio no espaço da Brasilit, na Feira da Sulanca. No local há cerca de 4 mil barracas. Em uma contagem não oficial, cerca de 50 foram atingidas pelas chamas.

Por meio de nota, a gestão municipal destacou que "se solidariza com todos os feirantes que tiveram seus bancos atingidos pelo incêndio" e informou que "dará total apoio aos comerciantes". O cadastro será realizado no Espaço Cultural Tancredo Neves. Cerca de 50 barracas foram destruídas após incêndio.

Ainda não há informações sobre a causa do incêndio. A área será mantida isolada por questões de segurança. Na nota, a prefeitura também ressaltou que "o município iniciou o projeto de requalificação do local, que tem o valor orçado em R$ 8 milhões".
 Entenda o caso
 Um incêndio foi registrado na noite da segunda-feira (6) no espaço da Brasilit, na Feira da Sulanca, em Caruaru. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo se iniciou por volta das 18h e foi controlado às 20h30. Ninguém ficou ferido.

Feirantes informaram que um caminhão dos Bombeiros foi inicialmente ao local sem água suficiente e teve que voltar para reabastecer. Os próprios feirantes utilizaram baldes com água para ajudar no controle das chamas. Não tem hidrante no local.

"Mais uma vez estamos passando por dificuldade. O momento é de se ajudar", diz feirante que teve um banco destruído pelo fogo. Representantes da Destra, da Defesa Civil e da Polícia Militar também foram ao espaço para ajudar no contenção do fogo. A PM descartou furtos no local.

Anterior Proxima Página inicial