Carnaíba é representada no Prêmio "Mulheres que mudaram a história de Pernambuco", em Olinda

  Naturalizada Carnaibana Maria Agnalda de Souza Pereira, conhecida como Naldinha, de 41 anos, filha primogênita  de Reginaldo Antônio de Souza (Reginaldo Vaqueiro) e de Eva Terezinha Pereira de Souza, que nasceu em Tabira, representou Carnaíba na 15ª edição do prêmio "Mulheres que mudaram a história de Pernambuco" em um evento de glamour na noite deste ultimo sábado 25,  no Auditório Tabocas, no Centro de Convenções, na Avenida Professor Andrade Bezerra, em Olinda.

Apesar de ter nascida em Tabira, Agnalda viveu sua infância na Fazenda São José, de Pedro Daniel, até passar à residir em Afogados da Ingazeira, onde estudou, trabalhou e formou-se em magistério.
Ela é neta do senhor José Alves, conhecido como Zé de Mané, do Prateado e residente hoje no Distrito de Fátima de Flores.

 Em 2003, Agnalda mudou-se para o Recife onde fez o curso de Psicologia, sonho criança. Fez pós graduação em Saúde Mental, álcool e outras drogas. Através dos resultados magnificos de seu trabalho na  área de Assistência Social, realizando acompanhamento com famílias de extrema vulnerabilidade, recebeu a indicação no ano passado para receber este ano o prêmio e participar do livro "Mulheres que Mudaram a História de Pernambuco".

 Hoje, Agnalda reside na cidade de Paulista, região metropolitana do Recife e atua como Psicologa Educacional na Escola Menino Jesus, em Olinda, seu pai Reginaldo  mora atualmente em Afogados da Ingazeira e sua mãe Eva reside no Recife.
 Dona Eva, Agnalda e sua irmã Élika Souza, redatora da história de Agnalda

Anterior Proxima Página inicial