Grupo Fé e Política promove ato em defesa dos ribeirinhos da barragem da Ingazeira

 Nesta sexta (26) aconteceu na Ingazeira um ato promovido pelo grupo Fé e Política Dom Francisco, da diocese de Afogados da Ingazeira, em defesa das pessoas que foram atingidas (prejudicadas) com a construção da barragem de Cachoeirinha, zona rural do município.
Primeiramente, uma missa foi celebrada, às 06h30, na comunidade de Nossa Senhora Aparecida, presidida pelo bispo diocesano, dom Egidio Bisol, que contou com a participação de vários padres da diocese.
Após a missa, foi servido um café e, em seguida, teve início a caminhada rumo a barragem. Uma cruz foi conduzida para ser fixada nas proximidades do paredão da barragem, simbolizando a luta em defesa das pessoas que tiveram suas terras invadidas pelas águas. Durante o percurso, ocorreram algumas paradas para um momento de oração e reflexão.
 Dom Egidio explicou a causa que levou o grupo Fé e Política realizarem o ato. “Estamos aqui hoje para prestarmos nossa solidariedade às famílias que estão vivendo em situações complicadas, difíceis, por causa de falta de políticas públicas, já que estamos no tema da Campanha da Fraternidade, quer dizer, por falta de cuidados de quem deveria tê-los para que, a riqueza da água que todos nós desejamos não traga dificuldades grandes para os nossos irmãos”, disse durante a missa.
O bispo também citou que, aquele não era o primeiro momento em que acontecia um ato em defesa dos ribeirinhos da barragem. “Queremos nesse dia, conhecer um pouco mais, um pouco melhor, a situação aqui nessa área da barragem da Ingazeira. Não é o primeiro momento esse, já houve quatro audiências públicas para debater esse assunto e nós vamos hoje rezar, pedindo a Deus também que a gente sinta a Sua presença ao nosso lado, Ele que quer a vida plena para todos”, concluiu o bispo.
www.dioceseafogadosdaingazeira.com.br

Anterior Proxima Página inicial