Rivais íntimos, Santa Cruz e Náutico apresentam grande equilíbrio em últimos jogos

 Há uma frase conhecida que diz que clássico, no futebol, não tem favorito. O retrospecto recente de Náutico e Santa Cruz confirma essa máxima: os dois times se enfrentaram várias vezes nas últimas temporadas. O equilíbrio é a marca do duelo, que será reeditado neste domingo, às 16h, nos Aflitos, válido pela última rodada da primeira fase do Campeonato Pernambucano. A partida será transmitida pela Globo (para todo o estado de Pernambuco) e pelo Premiere FC (para todo o Brasil).

A partida entre Timbu e Santa será a terceira entre as duas equipes só neste ano. Ambos foram empate: 2 a 2 pelo Nordestão e 1 a 1 na Copa do Brasil. Mas a vantagem é do Tricolor, que ganhou nos pênaltis e eliminou o rival na competição nacional.

Os duelos se acumulam nas últimas temporadas e acirram a rivalidade das duas equipes - cujas diretorias se dão bem fora de campo. Nos últimos cinco anos, foram 25 partidas entre Santa Cruz e Náutico por cinco competições diferentes (13 pelo Pernambucano, seis pela Série B, três na Copa do Nordeste, duas na Série C e uma na Copa do Brasil).

O equilíbrio é absoluto: são sete vitórias para cada lado e 11 empates. O Santa fez 30 gols. O Náutico, 28.

Com mando do Náutico, o Santa Cruz curiosamente leva vantagem nos últimos anos. Desde 2014, foram 12 jogos com o Timbu de mandante: quatro vitórias corais, três alvirrubras e cinco empates. Destes, no entanto, apenas o último (empate em 1 a 1) foi nos Aflitos. Todos os anteriores se deram na Arena de Pernambucano, onde o Náutico mandava seus jogos antes de "voltar para casa".

Anterior Proxima Página inicial