Herói da classificação do Afogados, Wallef se emociona e dedica vitória ao pai: "Tô aqui pelo seu sonho e pelo meu sonho"

 O herói da classificação histórica do Afogados tem um nome: Wallef. Além de fazer um grande jogo no tempo normal, o goleiro da Coruja pegou duas cobranças na disputa por pênaltis contra o Santa Cruz, no Arruda, e foi determinante para a conquista da vaga inédita à semifinal do Campeonato Pernambucano.
 Após o confronto, o goleiro dividiu a atuação de gala com todo o grupo e afirmou estar em uma noite abençoada.
- Parabenizo a todo grupo. É um trabalho coletivo com meu preparador de goleiros com meu analista de desempenho, que passou toda situação [dos pênaltis] pra gente. Agradeço a Deus pela oportunidade. Fui um abençoado por Deus. Agora é comemorar, por que foi difícil pra caramba, e já pensar no Náutico, já que temos uma semifinal pela frente.
 Emocionado, Wallef dedicou a vitória ao pai, Ailson, que morreu há cinco meses.
- Dedico essa vitória ao meu pai Ailson. Faz cinco meses que ele faleceu. Era uma pessoa que sempre me apoiou desde o início da minha carreira. Ele queria estar lá na minha cidade, São José do Calçado, no interior do Espírito Santo, com toda minha família torcendo por mim. Pai, eu tô aqui pelo seu sonho e pelo meu sonho - finalizou o arqueiro.

Anterior Proxima Página inicial