Resumo do Náutico e Afogados no Vianão neste domingo 24.

 O Náutico controlou o jogo. E não encontrou dificuldades para vencer o Afogados, fora de casa. No sertão pernambucano, o Timbu entrou em campo com um time totalmente modificado - foram sete mudanças em relação ao jogo contra o Santa Cruz, pela Copa do Brasil. Com gols de Thiago, Odilávio e Hereda - formados na base do clube - o Alvirrubro chegou aos 12 pontos, na terceira posição. O Afogados, que diminuiu com Candinho, está em quinto, com oito.
Primeiro tempo
Mesmo com tantas mudanças, o Náutico fez um ótimo início de jogo. Teve ótimas chances e encurralou o Afogados. Melhor de tudo: conseguiu fazer os gols. Primeiro, em um ótimo chute de Thiago. E depois com Odilávio. Só que, com o passar do tempo, o Afogados foi se lançando mais ao ataque enquanto o Timbu diminuiu o ímpeto ofensivo. Em uma cobrança de falta, Candinho diminuiu.

Segundo tempo
O Afogados bem que tentou voltar para o segundo tempo colocando mais pressão. Fez-se mais presente no campo de ataque, mas isso durou pouco tempo. O Náutico que tomou as rédeas da partida e, pouco a pouco, foi ganhando corpo na partida. Depois de tanto insistir e acumular algumas boas chances perdidas - como foi com Robinho - chegou ao terceiro gol, com Hereda, e fechou o placar.

Próximos jogos
O Afogados volta a jogar na próxima quinta-feira, às 15h30, contra o Sport, na Ilha do Retiro. Já o Náutico recebe o Salgueiro um dia antes, às 21h30, no estádio dos Aflitos. Os dois jogos são válidos pelo Campeonato Pernambucano.

Que chutaço!
O garoto Thiago, de 17 anos, marcou um golaço no Estádio Vianão. Foi o gol que abriu a vitória alvirrubra.

Tá fora
Douglas Bomba recebeu o terceiro cartão amarelo e não enfrenta o Sport na Ilha do Retiro. Dor de cabeça para o técnico Pedro Manta.

Anterior Proxima Página inicial