Racha: as centrais e a luta contra a reforma da Previdência

 A luta contra a reforma da Previdência tem causado apreensão entre dirigentes sindicais.
Há um temor de que as principais centrais do país se dividam entre as que representam servidores públicos e as que reúnem empregados do setor privado.
A divergência de interesses, avaliam os sindicalistas, pode rachar e enfraquecer o movimento contra as mudanças na aposentadoria.
As centrais convocaram um ato unificado para o dia 20. Parte dos dirigentes já conta com possibilidade de divisão neste primeiro grande encontro. (FSP)

Anterior Proxima Página inicial